Passeios de graça no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro continua lindo!! Mais ainda quando temos ótimos passeios de graça ou bem barato!!

Para ajudar nós fizemos uma lista com os principais pontos turísticos que são de graça ou quase para você montar o seu roteiro!

Rio de janeiro - Meu Mundo Por Aí

Praia do Leblon – Morro dois Irmãos

Passeios e pontos turísticos de graça no Rio de Janeiro

– Pedra do Arpoador:

No alto da pedra (sobe por um caminho em volta da pedra que é não é muito alto), um lugar natural onde pode-se ter uma vista de toda a praia e mar de Ipanema e Leblon com o Morro Dois Irmãos ao fundo de um lado e a praia do Diabo e Copacabana do outro lado. Meu lugar preferido (até hoje) para ver o Pôr do sol. Mais detalhes neste post aqui.

Pedra do arpoador

Cuidado com esses pedaços, pois pode ser escorregadio.

Parques das ruínas: De graça. Uma casa em Ruínas que foi de Laurinda Santos Lobo, figura importante para a sociedade da época e que deixou a sua casa para a cultura! Leia mais neste Post aqui.

parque das ruinas

Parque das Ruínas

Igrejas do centro da cidade: Igreja da Candelária (Presidente Vargas), Igreja Presbiteriana do Rio de Janeiro (início da Av Chile), Catedral da Lapa (final da Av. chile – Lapa).

Igreja de Nossa Senhora da Candelaria

Igreja de Nossa Senhora da Candelaria

Igreja Presbiteriana do Rio de Janeiro

Igreja Presbiteriana do Rio de Janeiro

Catedral da Lapa

Catedral Metropolitana São Sebastião do Rio de Janeiro

Biblioteca Nacional (Praça da Cinelândia).

Biblioteca Nacional

Biblioteca Nacional

Teatro Municipal – fachada (cinelândia). Para peças conferir dias, horários e preços no site do Theatro Municipal.

Teatro Municipal

Theatro Municipal

Escada azulejada Selaron (Lapa – Final da rua Teotônio Regadas ao lado da sala Cecília Meireles).

Escadaria selaron

Escadaria Selaron

Arcos da Lapa: Uma foto em baixo dos arcos sempre fica linda, porém ele está voltando!!! O charmoso Bondinho de Santa Teresa está em fase de testes e deve voltar a circular a partir da estação da carioca – entrada pela Rua Senador Dantas – e vai até o alto de Santa Teresa, passando por cima dos arcos! ❤

arcos-da-lapa

Arcos da Lapa

Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB: Rua Primeiro de março. Lá tem sempre exposições bem legais de artistas renomados e a maioria de graça. Algumas tem que pegar senha com antecedência, outras uma fila e outras ainda nem isso. Tem também mostras de peças de teatro, debates, atividades culturais, para todas as idades.

CCBB

Centro Cultural Banco do Brasil

Centro Cultural Correios: Rua Primeiro de março, ao lado do CCBB, também recebe inúmeras exposições, a maioria também de graça.

Centro Cultural Correios

Centro Cultural Correios

Casa França Brasil: Rua Primeiro de março. Ao lado do Centro Cultural Correios e CCBB (ali é um antro de exposições) e recebe algumas exposições. Já recebeu algumas vezes o Anima-Mundi.

Casa Franca-Brasil

Casa Franca-Brasil

Pista Claudio Coutinho na Urca: Ao lado da praia vermelha e Pão de açúcar – Trilha leve. Qualquer um consegue fazer essa trilha que é de cimento e tem lugares para segurar, não é íngreme e proporciona uma vista bem bonita.

Pista claudio coutinho

Pista Claudio Coutinho

Cachoeira do Horto: Floresta da Tijuca – Pode-se chegar até ela através de trilhas pela floresta da Tijuca (Alto da Boa vista) ou pelo Horto mesmo, a sua trilha começa próximo ao Clube dos Macacos (ou Clube 17).

cachoeira horto

Cachoeira do Horto

Parque Lage: Rua Jardim Botânico. A entrada é de graça. Ele conta com um pequeno museu na parte de dentro e um café na área do Chafariz / lago. Além de muita vegetação na parte de fora, com pequenas grutas, um aquário e locais para um piquenique.

parque lage

Parque Lage

Parque da Catacumba: Fica de frente para a Lagoa Rodrigo de Freitas, bem em frente ao posto de gasolina. Tem estacionamento de graça (pequeno) ao lado e caso não tenha vaga, pode parar nas vagas da lagoa mesmo (Normalmente tem os funcionários da prefeitura que cobram R$ 2,00 por hora estacionada). O Parque é bem legal, tem muito verde e uma trilha leve que te leva a 5 mirantes, sendo o último o mais bonito, por ser o mais alto tem uma vista mais limpa, sem muitas árvores.

OPCIONAL: Dentro do Parque tem uma empresa que cobra por algumas aventuras, caso você queira, como tirolesa, arborismo, parede de escalada,, inclusive para crianças também.

Collage 2016-07-01 14_57_29

Estátuas de bronze nas praias da Zona Sul:

Ipanema: Nosso querido Vinicius de Moraes e seu inseparável violão dão o ar de sua graça bem no lugar que ele retratou para o mundo inteiro, Praia de Ipanema (No calçadão entre Arpoador e Ipanema para ser mais exata). Pegar ele livre para uma foto única pode requerer um pouco de espera e paciência, dependendo do dia rs.

ESTÁTUA VINICIUS DE MORAES

Copacabana: A estátua do cantor, compositor, violinista, pintor e ator brasileiro fica no final da praia de copacabana, quase no Forte de Copa. Sua fisionomia tranquila e animada garante fotos espontâneas ao lado dele.

Screenshot_2016-07-01-14-29-10-1

Ainda em Copacabana, temos nosso poeta brasileiro, Carlos Drummond de Andrade, sentadinho no banco da praia, igual gostava de ficar.

Carlos Drummond de Andrade montagem

Leme: Na mureta à esquerda da praia, em frente aos quiosques, tem uma estátua de bronze de Clarice Lispector com seu cachorrinho, ela fica sentada bem na mureta, é preciso olhar com atenção caso esteja com muitas pessoas por ali, pois ela se confunde com um de nós rs.

IMG-20160614-WA0031

 

Pontos turísticos pagando pouco:

 

Forte do Leme (Ou Forte Duque de Caxias): Esse Forte fica ao lado esquerdo da praia do Leme, é bem naquela pedra que vemos ao final da praia, que tem um bandeira do Brasil lá em cima. A entrada é pela esquerda de quem esta de frente para a Pedra, custa R$ 4,00 com meia entrada para idosos e estudantes (R$ 2,00) mas as terças-feiras a entrada é gratuita para todos!

Tem uma subida de uns 15 minutos numa caminhada constante, mas é por uma estrada de paralelepípedo, ao final dela chegamos na entrada do forte, que tem nele um museu com obras de arte, peças de guerra como balas de canhões, os próprios canhões, utensílios que foram usados em épocas passadas e algumas pinturas, sem contar na vista que temos de uma espécie de terraço, o Cristo Redentor de um lado, o Pão de Açúcar do outro e varias ilhas da baía atrás.

Collage 2016-07-01 14_24_01

 

Forte de Copacabana: R$ 6,00. Além do museu militar com canhões e outras armas que eram usadas na época. Atenção, pois o museu fecha as 18h, e mesmo assim quem quiser entrar para apreciar a vista e/ou tomar um café na confeitaria Colombo do Forte, deve pagar a entrada (manutenção) de R$ 6,00.

Forte de copa

Forte de Copacapana

 

Jardim Botânico: Rua Jardim Botânico – quase ao lado do parque Lage. Entrada R$ 7,00. O parque tem diversos tipos de plantas, incluindo medicinais, uma estufa com orquídeas e alguns Pau-Brasil. Tem também um galpão onde os escravos faziam pólvoras, com algumas partes da história. Os guardinhas que lá trabalham são super atenciosos e nos explicam algumas coisas, como as telhas que são assimétricas porque eram feitas nas coxas dos escravos, uns mais magrinhos outros mais fortes e por isso não tem o mesmo tamanho. Daí veio a expressão “feito nas coxas” para algo mal feito. 🙂

Tem muitas fotos legais do Jardim Botânico, mas postei essa de uma tarde maravilhosa que passei lá com duas amigas!

Dica: No Jardim Botânico não tem mais estacionamento (por enquanto) e se você for de carro deverá estacionar no Joquey Club que fica em frente, mas não se esqueça de pedir para carimbarem a sua nota de entrada no Parque para ter desconto no estacionamento do Joquey. Preço: R$ 15,00 normal e R$ 10,50 com desconto do Jardim Botânico.

Jardim botânico

Jardim Botânico – Palmeiras

Ilha fiscal – R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia. O passeio é feito com um Guia que conta um pouco mais da história do Rio e da Família Real, pois lá foi onde ocorreu o último Baile Real. Maiores informações veja aqui.

Ilha Fiscal

Ilha Fiscal

E o Bondinho de Santa Tereza voltou a funcionar. Quem estiver de passeio pela cidade pode pegar o Bondinho na Carioca e ir até o largo do Curvelo (estação próxima ao Parque das Ruínas e Museu Chácara do Céu). Ou seguir até uma ou duas estações mais para cima, por enquanto o Bonde só esta fazendo esse curto caminho, pois ainda tem muitas obras em Santa Teresa.

Bonde de Santa Tereza Novo

Como era o Bondinho

Com certeza tem ainda mais lugares para listarmos aqui. Por enquanto é isso, mas assim que formos lembrando ou sabendo vamos atualizando o post!

Espero que tenham gostado e possam visitar esses lugares lindos e agradáveis do Rio! Deixe seu comentário aqui para trocarmos dicas 🙂

Siga nossas redes sociais e não perca nenhuma dica:

Instagram: @meumundoporai

 Snapchat: Meumundoporai

facebook/meumundoporai

Assinatura Blog FANI

Anúncios

Tem dúvidas ou dicas? Comente aqui =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s