Nazaré: Um charme muito além das ondas gigantes

Aproveitando a boa fase do surf Brasileiro, onde o santista Gabriel Medina conquistou o título mundial em dezembro no Havaí, nós, do Meu mundo por aí, indicamos um vilarejo em Portugal onde além das famosas ondas gigantes, há também uma bela cidade a ser conhecida.

Nazaré fica a 123 km de Lisboa. Viajando de carro leva-se 1h30 no máximo, mas vale a pena pelo visual das belas estradas portuguesas. Durante nossa passagem pelo vilarejo, não pudemos conhecer as tais ondas, pois elas aparecem entre Janeiro e Fevereiro e no fim do ano, entre Outubro e Novembro. Porém nada tirou o chame da cidadezinha que tem uma arquitetura tradicional, com aqueles azulejos lindos, construções históricas portuguesas e um bondinho encantador (que custa 2,50 euros ida e volta).

surf_garrettmcnamara_desporto.jpg_62

Garrett McNamara surfou onda gigante em Nazaré, Portugal (Foto: Reprodução / Desporto Público)

IMG_1356

Vilarejo de Nazaré nos dias de ondas gigantes ausentes.

 

Outro ponto de destaque do vilarejo é o Santuário de Nossa Senhora, com uma imagem de uma Virgem Negra, assim como a Capela da Memória e a Lagoa da Pederneira, são outros destaques do vilarejo. A cidade portuguesa é marcada pelo misticismo da Lenda de Nazaré.

IMG_1373

Santuário de Nossa Senhora.

IMG_1371

 A lenda remonta ao ano de 1.180, quando D. Sancho I liderava a reconquista do Alentejo e do Algarve e D. Fuas Roupinho, seu cavaleiro, enfrentava os mouros em Porto de Mós, fazendo do rei Gamir e de sua filha seus prisioneiros. O rei mouro morreu, e jovem princesa inconsolável quis conhecer o Deus dos cristãos e, sobretudo, a Mãe dele. O nobre levou-a para conhecer a imagem de Nossa Senhora da Nazaré e foi caçar. Roupinho andava à cavalo quando viu passar um vulto negro. Pensando ser um veado, perseguiu o animal até chegar a um precipício sobre o mar. Desesperado, o cavalo empinou e o veado virou pó. Ele clamou por Nossa Senhora da Nazaré, e cavalo e cavaleiro se salvaram. As patas traseiras do animal ficaram gravadas no rochedo, marca que existe até hoje. Roupinho agradeceu pela proteção e prometeu levar a imagem ao local do milagre. Assim, mais tarde, ele mandou construiu a Capela da Memória.

Quer saber mais sobre Portugal e Nazaré? Leia este post aqui.

Assinatura blog ROB

Anúncios

Tem dúvidas ou dicas? Comente aqui =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s